Em: 19 de agosto de 2018 as 15:05

Prefeitura de Ipanguaçu mobiliza município em ‘Dia D’ de vacinação e registra alta procura

O Dia D de vacinação contra poliomielite e sarampo aconteceu em Ipanguaçu neste sábado (18), no período das 7h da manhã até às 16h, registrando alta procura no Centro de Saúde e nas unidades básicas das principais comunidades. Foram vacinadas crianças na faixa etária a partir de 1 ano e com menos de 5 anos de idade. A cobertura vacinal também incluiu as pessoas já vacinadas anteriormente, os que foram imunizados nos últimos 30 dias, não precisaram de nova dose.

Empenhados em atingir a meta do público-alvo, os setores de imunização das UBS estão concentrados em atender os menores que ainda não foram vacinados.  Além da campanha publicitária realizada pelo Ministério da Saúde em rádio e TV, todos os postos de atendimento de Ipanguaçu estampam cartazes e profissionais de enfermagem ampliam a divulgação da ação em escolas municipais, redes sociais e bairros da cidade.

A iniciativa da Prefeitura de Ipanguaçu, por meio da Secretaria de Saúde, visa fortalecer as políticas de prevenção, construindo uma gestão integrada que corresponda aos serviços de atenção básica e afastando o município do surto do Sarampo e da doença pólio. Apesar da meta ter atingido apenas 40% em todo o país, o balanço parcial na cidade é positivo, alcançando 57% até o momento. De acordo com informações da Secretaria de Saúde, a meta deverá ser atingida nos próximos dias. Diante das campanhas anti-vacina que ganharam notoriedade nacionalmente, a gestão municipal garante ampliar os trabalhos de conscientização, ressaltando a importância da vacinação e afastando falsas dúvidas sobre a substância.

De acordo com a Secretária de Saúde, Sâmia Morais, o setor desenvolveu um planejamento estratégico onde movimenta coordenadores e demais membros para acelerar o desempenho das atividades, monitorando diariamente a circulação dos responsáveis pelas crianças nas unidades e reconhecendo comunidades que tenham dificuldade em alcançar os menores que estão desprotegidos. ‘’Nossa finalidade é corresponder com o bom andamento da saúde pública e todos os esforços estão sendo investidos neste sentido’’, destacou.

Fonte: Núcleo de Comunicação

Fotos: Secretaria Municipal de Saúde

Últimas manchetes